Correr é fazer amigos

Se vocês me perguntarem qual a melhor coisa de participar das ultras, vou dizer que é conhecer pessoas e fazer amigos.

Bom, em primeiro lugar, para vocês entenderem melhor porquê, eu digo isso: tenho que falar que não corro para pegar pódium e que não sou um corredor rápido. Corro para me desafiar, conhecer meus limites e tentar me superar. É uma briga dura, umas eu ganho e em outras sou derrotado. Faz parte do jogo e do meu processo de aprendizado como atleta e, principalmente, como homem.

Mas o que isso tem a ver com conhecer pessoas? Posso dizer que em boa parte das minhas conquistas eu tive a participação de um amigo de trilha do lado. Amigo de trilha é aquele corredor que você conhece durante a prova, que está passando pelos mesmos perrengues que você.

Nos meus primeiros 100 km, contei com a ajuda de amigos de equipe e de treino. Nos 100km da Ultrafiord, conheci dois amigos que fizeram a diferença, e terminamos a prova juntos. Na primeira tentativa das 100 milhas, tive o prazer de correr boa parte da prova com um brasileiro e depois ser cortado com um argentino nos 120 km. Agora na UAI, fiz pelo menos uns 10 amigos ao longo do percurso. Posso te dizer de carteirinha que faz toda a diferença.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A maior parte dos meus treinos são feitos sem companhia e confesso que gosto de ter este tempo comigo mesmo, até para estar preparado para ter que passar horas sozinho. Mas na prova tudo é diferente, ter alguém te incentivando ou que necessite do seu incentivo é muito importante. Às vezes seu amigo não está correndo, ele pode estar no apoio de outro atleta ou como staff da prova, te servindo ou te socorrendo (estourando suas bolhas). Pode ser também que você não faça toda a prova com seu novo amigo, que não cruzem a linha de chegada juntos, mas com certeza lembrará dele quando terminar.

Digo isso como atleta amador e que gosta de correr longas distâncias sozinho, mas que não dispensa uma boa conversa naqueles momentos mais difíceis da corrida.

Obrigado a todos os Rodrigos, Itos, Franciscos, Andrés, Alexes, Nedsons, Robertos, Wagners, Rafaeis, Jaciaras, Fernandos, Marcias, Rodolfos, Marcelos,Julianos, Pedros, Changs, Carlões, Alexandres Josés, Usieis, etc.

PS: Fui por muitos anos atleta de natação, talvez por isso não faça questão de competir. Mas isso eu conto em outro post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.