Pilates para corredores

                                                                                     

   Em 9 de dezembro de 1883, nascia em Mönchengladbach, na Alemanha, um homem que mudaria a forma como o mundo iria se exercitar nas décadas seguintes: Josef Pilates. Com uma forte intuição e muita ousadia, Pilates criaria um método chamado por ele de Contrologia. Difundido a partir de 1923, em Nova Iorque, onde Pilates residiria até sua morte, em 1967.

      Praticado inicialmente por dançarinos, a Contrologia logo ganhou fama entre outros esportistas, por sua grande capacidade de promover um ótimo alongamento, aliado a um potente trabalho de força. Foram observados que muitos atletas lesionados voltaram  às suas atividades de forma muito rápida. Dito isso, já podemos observar o quanto essa prática pode nos ajudar na corrida. 

     Dentro de um aula de pilates, que dura de 50 minutos a 1 hora, pode-se trabalhar muitos exercícios úteis ao treinamento da corrida. Desde alongamentos simples, já utilizados e conhecidos pelos atletas, até exercícios bem complexos e específicos nos aparelhos do método pilates. Podemos trabalhar força estática e  força dinâmica de uma forma inovadora. Mas realmente o grande ganho do pilates para corredores será o aumento da estabilização das estruturas corporais e mobilidade, aliado a um grande trabalho respiratório. Maior mobilidade é igual a menor número de lesões. Menor índice de lesões é  igual a maior vida útil do atleta.

        Podemos destacar os exercícios da série front splits no aparelho reformer. Exercícios sensacionais para o aumento do comprimento da passada aliada ao controle e força do movimento. Nos front splits, podemos de fato nos sentir em uma corrida, dada a proximidade dos movimentos. Vale destacar os exercícios de mobilidade e força da região lombar, que são imprescindíveis ao treino de corrida. Além disso, existem numerosos e quase infinitos exercícios para o fortalecimento da região abdominal, sempre realizados com uma respiração especial chamada por Pilates de power house. No treino de pilates, os exercícios abdominais são um capitulo à parte, que empolgam quem quer algo diferente em seus treinos.

     Corrida e pilates são atividades muito complementares, atualmente os grandes atletas incluem pelo menos 2 sessões desta modalidade tão atual e de resultados tão rápidos em seus treinos semanais.

      Treinando forte para uma prova ou fazendo sua recuperação de lesão, o pilates será sempre muito importante para o corredor. Então vá em frente e agende uma aula experimental. Na maioria dos estúdios elas são gratuitas.

Fernando Lorandes é Bacharel em Educação Física
pela UFV (Universidade Federal de Viçosa-MG 1992) e com especialização pela UGF (Universidade Gama Filho-RJ)
Formado em Pilates pela Metacorpus Rio 1992

2 comentários em “Pilates para corredores

Deixe uma resposta para ULTRAMANIADECORRER Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.